Thiago de Aragao

Archive for the ‘México’ Category

www.thiagodearagao.com.br

In América Latina, America Central, Argentina, Artigos, Banco do Sul, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Conflito Colômbia-Venezuela-Equador, Costa Rica, Cuba, Entrevista, Equador, Especial, EUA, México, Mercosul, Panama, Paraguai, Peru, Sugestão de Leitura, Uruguai, Venezuela on outubro 24, 2008 at 12:41 pm

Caros Leitores,

O Blog Visao Latino-Americana mudou de endereco! Ele esta muito mais moderno e bonito! As informacoes serao atualizadas no novo site; WWW.THIAGODEARAGAO.COM.BR 

Aguardo a visita de voces, com criticas, sugestoes e participacoes! Quem desejar submeter artigos, serao muito bem vindos!

Logo todo o arquivo estara no novo site: http://www.thiagodearagao.com.br

Abraco,

 

Thiago de Aragao

Anúncios

MÉXICO: Governo mantém luz vermelha acesa diante da crise financeira

In México on outubro 4, 2008 at 6:04 pm

O presidente da Comissão de Finanças do Senado,José Isabel Trejo, afirmou que o governo mantém a “luz vermelha” frente a crise financeira que atravessa os EUA.Segundo a agência Ansa, ele disse que o governo prepara medidas para suavizar os efeitos negativos do cenário atual sobre a economia.

“O presidente Felipe Calderón nos instruiu, e em particularmente a mim, para analisar quase minuto a minutos os eventos e ir preparando, caso seja necessário, uma série de medidas possíveis que nos permitam suavizar os efeitos deste fenômeno que está se apresentando no exterior”, afirmou o ministro das Finanças, Agustín Carstens.

Ele disse que o México tem força para enfrentar a crise, entretanto, isso não quer dizer que conseqüências não serão sofridas.

 

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

MÉXICO: Calderón quer assento provisório no Conselho de Segurança da ONU

In México on setembro 26, 2008 at 2:04 pm

O presidente do México, Felipe Calderón, defendeu a candidatura de seu país a um assento provisório no Conselho de Segurança da ONU para os anos de 2009 e 2010.Segundo a agência Ansa, ele disse que a participação do país no conselho se daseará na defesa do império da lei e dos princípios da paz.

Em relação a política migratória, ele disse que a comunidade internacional não pode reduzir o tema a questão de segurança. Sobre os problemas de violência do narcotráfico enfrentados pelo México, ele disse que não há lugar onde as drogas não cause problemas.

 

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

VENEZUELA: Governo expropria mexicana Cemex

In México, Venezuela on agosto 20, 2008 at 5:02 pm

Após fracassarem as negociações, o governo da Venezuela expropriou na noite passada a filial da indústria de cimento mexicana Cemex. A operação contou com a ajuda do exército.O anúncio foi feito pelo ministro da Energia, Rafael Ramírez, que relatou as enormes diferenças existentes entre as partes.

De acordo com a imprensa local, o ministro chegou à fábrica acompanhado de simpatizantes do presidente Hugo Chávez.

As outras duas fábricas de cimento, a Lafarge (França) e a Holcim (Suíça) chegaram a um acordo com o chefe de Estado venezuelano e venderam as ações de suas filiais no país.

Ramírez disse que o impasse com os mexicanos ocorreu porque as partes não chegaram a um valor sobre os ativos da companhia.

 

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

MÉXICO: Chanceler alemã visita o presidente Felipe Calderón

In México on maio 20, 2008 at 11:56 am

A chanceler alemã, Angela Merkel, reúne-se hoje com o presidente Felipe Calderón (México) a fim de tratar de assuntos relacionados a investimentos, combate à pobreza e insegurança, meio ambiente e energia. A informação foi divulgada pela agência Afp.

Merkel e Calderón participarão de um fórum de negócios organizado pela Câmara de Comércio México-Alemanha, segundo a agenda divulgada por fontes diplomáticas alemãs e mexicanas. Estarão presentes no evento cerca de 340 empresários.

A ministra também se reunirá com líderes do Congresso mexicano e com o presidente da Suprema Corte. Com isso, ela finaliza sua viagem pela América Latina, a primeira desde que assumiu a chefia do governo alemão e que incluiu Brasil, Peru e Colômbia.

 

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

Após 4 anos, México e Cuba retomam relações políticas e comerciais

In Cuba, México on março 17, 2008 at 4:06 pm

A chanceler do México em Cuba, Patrícia Espinosa, afirmou que os dois países prometeram ontem recompor as relações políticas e comerciais que estavam deterioradas desde 2004 devido a divergências entre os ex-presidentes Fidel Castro (Cuba) e Vicente Fox (México).O ministro de Relações Exteriores de Cuba, Felipe Pérez Roque, disse que “as relações entre México e Cuba estão plenamente normalizadas e que se abre uma etapa de cooperação, de renovação da amizade histórica e apoio recíproco que existiu entre nossos países”.

A retomada das relações entre os países ocorreu durante o encontro de Espinosa com o ministro cubano. Na oportunidade, executivos do Banco de Comércio Exterior do México e do Banco Central de Cuba assinaram convênios para estimular o desenvolvimento comercial.

Como o presidente cubano, Raúl Castro, tenta passar para a comunidade internacional a mensagem que a ilha está em uma fase de mudanças, a retomada das relações com o México é importante para dar atributos à nova imagem pretendida para Cuba.

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

MÉXICO: Calderón quer mediar conflito diplomático

In Colômbia, Conflito Colômbia-Venezuela-Equador, Equador, México, Venezuela on março 4, 2008 at 5:46 pm

O presidente do México, Felipe Calderón, ofereceu a seu colega Rafael Correa (Equador) ser mediador no conflito desse país com a Colômbia. De acordo com comunicado da presidência mexicana, “Felipe Calderón teve conversas telefônicas com os presidentes Rafael Correa (Equador) e Álvaro Uribe (Colômbia) a fim de dialogar sobre a delicada situação entre os dois países”.O mexicano manifestou “a vontade de seu governo em apoiar qualquer ação que favoreça o diálogo entre as nações com o propósito de que a relação bilateral recupere sua normalidade”. De acordo com a imprensa local, as embaixadas mexicanas no Equador e na Colômbia receberam a orientação de dar um acompanhamento detalhado aos acontecimentos.

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

MÉXICO: País normalizará relações financeiras com Cuba

In Cuba, México on fevereiro 20, 2008 at 7:02 pm

Com o objetivo de normalizar as relações financeiras e comerciais, México e Cuba firmarão um acordo para reestruturar a dívida de US$ 400 milhões que os cubanos possuem com os mexicanos. A informação foi divulgada pelo Bancomext (Banco de Comércio Exterior do México).De acordo com a agência Efe, esse acordo encerrará a interrupção de seis anos das relações financeiras do México com o Banco Nacional de Cuba. As negociações ocorreram por meio de uma iniciativa do presidente do México, Felipe Calderón. Essa dívida de Cuba com os mexicanos foi contraída no início dos anos 90 e deixou de ser paga em 2002. Os recursos haviam sido destinados para a ilha promover programas de financiamento que permitiram as empresas mexicanas estabelecer canais comerciais com Cuba.

No ano passado, o comércio entre os dois países atingiu US$ 200 milhões. No entanto, na década de 90, esse valor era de US$ 435 milhões.

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

MÉXICO: EUA perdem influência na América Latina, afirma Calderón

In América Latina, EUA, México on fevereiro 12, 2008 at 10:24 am

Os EUA perderam influência na América Latina e deveriam se aproximar dos amigos que ainda lhes restam. A afirmação foi feita pelo presidente do México, Felipe Calderón. Mesmo que os norte-americanos sejam um aliado tradicional dos mexicanos, os dois países enfrentam um momento difícil devido a questões como a imigração e ao narcotráfico. As informações foram divulgadas pela agência Reuters.No próximo domingo, Calderón irá aos EUA para se encontrar com a comunidade de imigrantes mexicanos residente no país. No entanto, não está previsto nenhum encontro com o presidente dos EUA, George W. Bush, ou com integrantes de seu governo. Segundo o presidente mexicano, o discurso gerado de alguns políticos contra os imigrantes (legais e ilegais) criou um clima de hostilidade.

“Estou muito preocupado porque isso gerou uma atmosfera cheia de preconceitos, uma atmosfera anti-imigrante, com certos temas que são também anti-mexicanos”, afirmou Calderón.

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

MÉXICO: País registra crescimento nas reservas internacionais

In México on fevereiro 7, 2008 at 10:09 am

As reservas internacionais do México cresceram de US$ 79,925 bilhões (25/01) para US$ 80,116 bilhões (01/02), segundo informações do BCM (Banco Central do México). De acordo com a agência Reuters, desde 2006 as reservas internacionais vêm crescendo pelo ingresso dos derivados causados pelos elevados preços de petróleo no mercado internacional. Atualmente, o México é um dos 10 principais produtores e exportadores do mundo.No entanto, desde agosto de 2006 as reservas baixaram como conseqüência da decisão do governo em comprar divisas do autônomo banco central para o pagamento antecipado da dívida externa.

O aumento das reservas internacionais é fundamental para proteger a economia mexicana de uma eventual recessão nos EUA. Como o México é o principal parceiro comercial dos norte-americanos, ele dependem muito das relações econômicas com esse país.

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)