Thiago de Aragao

Archive for the ‘America Central’ Category

www.thiagodearagao.com.br

In América Latina, America Central, Argentina, Artigos, Banco do Sul, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Conflito Colômbia-Venezuela-Equador, Costa Rica, Cuba, Entrevista, Equador, Especial, EUA, México, Mercosul, Panama, Paraguai, Peru, Sugestão de Leitura, Uruguai, Venezuela on outubro 24, 2008 at 12:41 pm

Caros Leitores,

O Blog Visao Latino-Americana mudou de endereco! Ele esta muito mais moderno e bonito! As informacoes serao atualizadas no novo site; WWW.THIAGODEARAGAO.COM.BR 

Aguardo a visita de voces, com criticas, sugestoes e participacoes! Quem desejar submeter artigos, serao muito bem vindos!

Logo todo o arquivo estara no novo site: http://www.thiagodearagao.com.br

Abraco,

 

Thiago de Aragao

PANAMÁ: Começa a construção de megaprojeto no país

In America Central, Panama on dezembro 11, 2007 at 2:38 pm

O presidente do Panamá, Martín Torrijos, inaugurou no final da semana passada os trabalhos de construção de um megraprojeto de canal interoceânico, na entrada do Pacífico, que inclui novas estradas, parques e espaços públicos. A iniciativa é da brasileira Norberto Odebrecht, em parceria com a Cusa (Constructora Urbana de Panamá).Localizada na faixa litorânea ao longo da baia do Panamá, a obra cobrirá um total de 26 hectares, o que inclui uma nova estrada de quatro pistas e 2,6 km de comprimento, dois viadutos elevados, uma ciclovia, parques, áreas para turismo, entre outros.

De acordo com Torrijos, a faixa costeira é uma obra inadiável que terá impacto na qualidade de vida da Cidade do Panamá. Já o representante da Odebrecht no Panamá, Andres Belo, afirmou que a faixa litorânea é a obra mais emblemática da capital panamenha porque vai melhorar a comunicação terrestre e devolverá espaços valiosos aos cidadãos.

Vários outros megaprojetos turísticos e de infra-estrutura, a um custo de US$ 20 bilhões, já foram anunciados para os próximos 10 anos no Panamá. O país também vive um “boom” imobiliário com a construção de milhares de apartamentos ao redor da baía do Panamá.

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

NICARÁGUA: Daniel Ortega ameaça governar por decreto

In America Central on novembro 29, 2007 at 10:52 am

O presidente da Nicarágua, Daniel Ortega, afirmou que se a Assembléia Nacional (controlada pela oposição) continuar paralisando seus projetos de lei, governará por decreto.Na semana passada, a Assembléia rejeitou a proposta que criava o “Conselho Cidadãos”, similar aos Comitês de Defesa da Revolução cubana.

Para a oposição, a proposta representa uma série de estruturas que pretendem controlar a população. No entanto, Ortega disse que os conselhos “serão instalados de qualquer maneira”.

“A Assembléia está trazendo danos para o povo, paralisando seu trabalho e me obrigando a governar por decreto. Se eles não querem leis em benefício do povo, vou aprovar por outros caminhos”, afirmou o nicaragüense.

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

EQUADOR: Correa goza de maior popularidade em toda região ibero-americana

In America Central, Equador on novembro 13, 2007 at 11:20 am

O instituto Cedatos/Gallup divulgou uma lista com as últimas pesquisas sobre o apoio aos governantes, na qual o presidente do Equador, Rafael Correa, é o que goza de maior popularidade em seu país e em toda a região ibero-americana. O presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva está em 14º lugar. As informações foram divulgadas pela agência Efe.Correa está em primeiro lugar, com 72% de apoio em seu país, mostra a lista. Já o segundo colocado é o argentino Néstor Kirchner, com 71%, segundo uma pesquisa recente da firma Ipsos. Lula conta com o apoio de 48% dos brasileiros, conforme aponta uma pesquisa do instituto Datafolha. Álvaro Uribe (Colômbia), vem em terceiro, com 66%, de acordo com uma pesquisa do Invamer, de agosto, empatado com o mexicano Felipe Calderón, segundo a empresa Mitofsky.

Veja o resultado dos outros líderes ibero-americanos: Manuel Zelaya (Honduras) 61% de apoio – 5º lugar; Martín Torrijos (Panamá) 60% – 6º; Hugo Chávez (Venezuela) 59 % – 7º; Leonel Fernández (República Dominicana) 58% – 8º; Evo Morales (Bolívia), Antonio Saca (El Salvador), Oscar Arias (Costa Rica) e Tabaré Vázquez (Uruguai) 57% – 9º; Alan García (Peru) 54% – 10º; José Sócrates (Portugal) 15º lugar – 47%; José Luis Rodríguez Zapatero (Espanha) 16º – 45%; Oscar Berger (Guatemala) 17º – 42%; Michelle Bachelet (Chile) 18º – 40%; Daniel Ortega (Nicarágua) 19º – 36%; Aníbal Acevedo Vilá (Porto Rico) 20º – 34%.

Já George W. Bush (EUA) tem o apoio somente de 22% dos americanos, ficando em penúltimo lugar. O paraguaio Nicanor Duarte é o último colocado.

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

COSTA RICA: País obtém assento no Conselho de Segurança da ONU

In America Central, Costa Rica on outubro 19, 2007 at 3:04 pm

A Costa Rica foi escolhida nessa terça-feira (16), segundo informações da agência AFP, para ocupar o assento rotativo do Conselho de Segurança da ONU, depois de conseguir mais apoio a seu favor do que a República Dominicana na votação realizada na Assembléia Geral das Nações Unidas, em Nova York.

Com 179 votos a favor na terceira rodada de votação secreta, o país centro-americano superou a República Dominicana, que teve apenas um voto. É preciso receber dois terços dos votos, dos 192 Estados-membros presentes e votantes, para ser escolhido.

O Conselho de Segurança da ONU é composto por 15 membros, sendo dez rotativos e cinco permanentes com direito de veto: EUA, Rússia, China, França e Grã-Bretanha.

África do Sul, Bélgica, Indonésia e Itália são, atualmente, os outros membros rotativos. A cada ano são escolhidos cinco membros não-permanentes, que cumprem mandatos de dois anos.

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

Condoleezza Rice pressiona pela aprovação dos TLCs

In América Latina, America Central, Colômbia, Panama, Peru on outubro 10, 2007 at 5:41 pm

A secretária de Estado norte-americana, Condoleezza Rice, declarou que se o Congresso dos EUA não aprovar os TLCs (Tratados de Livre Comércio) com Colômbia, Peru e Panamá, será um “duro golpe para o país na América Latina”.

A rejeição a esses acordos, de acordo com Rice, dificultará o Peru, Panamá e Colômbia a consolidarem suas democracias. A expectativa é que os acordos com Peru e Panamá estão próximos da ratificação. Entretanto, a situação do tratado com a Colômbia é mais complicado, pois existem problemas envolvendo os direitos humanos nesse país.

Rice entende que, além de fortalecer a democracia, os TLCs promoverão a liberdade comercial no continente.

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

COSTA RICA: População aprova TLC com os EUA

In America Central, Costa Rica, EUA on outubro 9, 2007 at 1:42 pm

O presidente da Costa Rica, Oscar Arias, comemorou a vitória do “sim” no referendo sobre o TLC (Tratado de Livre Comércio) com os EUA. O apoio ao tratado recebeu 51,7% dos votos contra 48,3% do “não”.

“O povo disse sim e essa é uma vontade sagrada que como democrata convencido obedecerei”, afirmou o costa-riquenho.

Esse resultado foi importante para Arias, pois reafirmará a aliança que a Costa Rica possui com os EUA. Dentro da América Latina, o país é um dos principais aliados de Washington.

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

PANAMÁ: Novo recorde histórico é registrado no Canal

In America Central, Panama on outubro 4, 2007 at 1:58 pm

Um novo recorde histórico de embarcações foi registrado no Canal do Panamá com relação aos últimos 12 meses, segundo os dados divulgados ontem pela autoridade que controla a via aquática.

O tráfego pelo canal de 80 quilômetros de longitude aumentou 3,7%, para 14.721 embarcações, contra 14.194 observadas no mesmo período do ano anterior. Essas cifras ocorreram no ano fiscal que foi concluído no dia 30 de setembro de 2007. A autoridade do canal revelou ainda que o volume de cargas ultrapassou a barreira simbólica de 300 milhões de toneladas nos últimos 12 meses.

Os trabalhos para duplicação da capacidade do canal, que opera há 93 anos, começaram no dia 3 de setembro. A previsão é de que o projeto esteja concluído a partir de 2014, de acordo com as informações da agência InvestNews.

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)