Thiago de Aragao

Archive for maio \30\UTC 2008|Monthly archive page

BOLÍVIA: Morales quer se perpetuar no poder, afirma presidente do Senado

In Bolívia on maio 30, 2008 at 5:56 pm

O presidente da Bolívia, Evo Morales, deseja para o país um modelo de concentração e perpetuação no poder seguindo o modelo de seu colega venezuelano, Hugo Chávez. A afirmação foi feita pelo presidente do Senado boliviano, Oscar Ortiz, após audiência com o papa Bento XVI em Roma.

Durante encontro com o secretário para as Relações com os Estados da Santa Sé, o arcebispo Dominique Mamberti, Ortiz explicou em que consistem as autonomias departamentais que estão sendo aprovadas pela oposição na Bolívia. Em relação ao projeto da nova Constituição, o senador explicou que o Podemos (Poder Democrático Social), seu partido, entende que não há os fundamentos básicos da democracia.

Segundo a agência Efe, Ortiz falou ao arcebispo da importância de contar com o apoio da Igreja no processo de negociação entre governo e oposição em seu país.

 

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

Anúncios

Assessor de Lula afirma que Brasil não revisará Tratado de Itaipu

In Brasil, Paraguai on maio 30, 2008 at 5:54 pm

O assessor especial do presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, afirmou ontem que o Brasil não vai revisar o Tratado de Itaipu com o Paraguai. Em Montevidéu, ele disse também que viajará em junho a Assunção para discutir globalmente o tema. A informação foi divulgada pela agência Ansa.

O assessor esteve no último fim de semana na capital uruguaia participando do Fórum de São Paulo, que reuniu partidos e organizações de esquerda da América Latina e Caribe.

“Queremos um preço justo em matéria energética”, assinalou na semana passada o presidente eleito Fernando Lugo, que assumirá no dia 15 de agosto. Único país na região com excedente energético, o Paraguai pede ao Brasil que revise o Tratado de Itaipu porque considera insuficiente o preço que cobra pela energia.

 

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

COLÔMBIA: Congresso abre investigação contra Uribe

In Colômbia on maio 30, 2008 at 5:53 pm

Devido à suposta oferta de favores políticos a uma deputada em troca do seu voto na mudança constitucional de 2006 (que aprovou a reeleição presidencial), a Câmara de Representantes do Congresso da Colômbia decidiu abrir ontem uma investigação contra o presidente Álvaro Uribe.

A comissão determinará se as acusações feitas pela oposição merecem uma investigação mais profunda ou se serão arquivadas. A responsável pelas denúncias contra Uribe, a ex-deputada Yidis Medina, está sob prisão domiciliar.

De acordo com a agência AngolaPress, o presidente colombiano e os funcionários acusados negaram ter oferecido vantagens políticas a Medina em troca do voto da ex-parlamentar.

 

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

PARAGUAI: Conflito entre brasiguaios e sem-terra se agrava

In Brasil, Paraguai on maio 30, 2008 at 5:52 pm

Os brasileiros donos de terra no Paraguai, também conhecidos como brasiguaios, estão se armando para tentar proteger as propriedades que estão sendo ocupadas por sem-terra paraguaios.

24 horas por dia, homens armados vigiam a propriedade que fica em Iguaçu, a 50 quilômetros da fronteira, a fim de evitar as invasões dos campesinos, como são chamados os sem-terra no Paraguai. A ordem dos fazendeiros é abrir fogo contra possíveis invasores.

Após uma série de invasões de propriedades rurais em várias regiões do país, a tensão no campo se agravou. As fazendas pertencem, em sua maioria, a agricultores brasileiros. Nas últimas duas semanas, mais de 20 propriedades foram invadidas.

Os jornais paraguaios já falam em uma campanha contra os brasileiros que têm lavouras no país. Os campesinos montaram acampamentos perto da fronteira com o propósito de forçar o governo a fazer a reforma agrária. Eles afirmam que as invasões fazem parte da luta. A informação foi divulgada hoje pelo G1.

 

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

BRASÍLIA: Amorim apresenta alternativas à revisão do contrato de Itaipu

In Brasil, Mercosul, Paraguai on maio 27, 2008 at 4:49 pm

O chanceler brasileiro, Celso Amorim, apresentou alternativas à negociação de mudanças no contrato da usina hidrelétrica de Itaipu, como quer o presidente eleito do Paraguai, Fernando Lugo. Apesar de ser contrário à revisão do contrato, Amorim disse que isso não impede o Brasil de compreender os problemas daquele país e de tentar ajudá-lo, por exemplo, com investimentos em infra-estrutura. A informação foi divulgada pela agência Câmara.

Em debate com deputados e senadores da Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul, o ministro citou a colaboração com o país vizinho em projetos de infra-estrutura, para escoamento da produção pelos portos brasileiros, uma vez que o Paraguai não possui saída para o mar; ou ainda com investimentos em redes de distribuição de energia. Segundo Amorim, parcerias nessas áreas poderiam aumentar a competitividade da economia paraguaia, sem mexer no contrato de Itaipu.

No entendimento do ministro, o governo brasileiro defende um desenvolvimento saudável para o Paraguai. Ele propôs também novas parcerias para impulsionar a economia daquele país, uma vez que a redução nas tarifas aduaneiras não surtiu o efeito esperado de equilibrar o comércio no Mercosul. O Brasil tem um superávit enorme em relação ao comércio com o Paraguai, acrescentou.

 

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

BRASÍLIA: Parlamentares questionam Parlamento da Unasul

In América Latina, Brasil on maio 27, 2008 at 4:46 pm

Em debate com o ministro das Relações Exteriores, Celso Amorim, integrantes da Representação Brasileira no Parlamento do Mercosul questionaram na última quarta-feira (21) a proposta de criar um parlamento sul-americano, com sede em Cochabamba, na Bolívia. A informação foi divulgada pela agência Câmara.

De acordo com o presidente da Representação, senador Aloizio Mercadante (PT-SP), o Parlamento do Mercosul está em processo de construção e seria irracional pensar em um novo fórum. No seu entendimento, essa criação tem que passar pelo Parlamento do Mercosul, até como forma de respeito ao dinheiro público que é gasto na implementação dessas instâncias.

O deputado Dr. Rosinha (PT-PR), por sua vez, defendeu o diálogo entre o Parlamento Andino, do qual fazem parte representantes da Bolívia, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela, e o Parlamento do Mercosul. Para ele, esse espaço de debate entre os dois parlamentos seria um bom começo para, no futuro, se pensar em um fórum legislativo da Unasul.

Amorim afirmou que a Unasul é um passo importante para a criação de uma área de livre comércio na América do Sul. No entanto, ele informou que não existem prazos para a implantação de um braço legislativo da entidade e lembrou também que o Parlamento do Mercosul surgiu 12 anos depois da criação do bloco comercial. O ministro apoiou a proposta de Dr. Rosinha de iniciar o diálogo entre os dois parlamentos, incluindo representantes da Guiana e do Suriname.

Formada pelo Brasil, Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela, a Unasul realizou na última sexta-feira (23), em Brasília, sua Cúpula de constituição.

 

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

ARGENTINA: Clima de polarização se instala no país

In Argentina on maio 27, 2008 at 4:43 pm

Os argentinos comemoraram ontem o Dia da Revolução, data em que milhares de pessoas participaram de protestos a favor e contra o governo. Na cidade de Rosário, houve a mobilização dos simpatizantes dos produtores rurais. De acordo com a BBC Brasil, foi o maior protesto desde o início da crise com a Casa Rosada.

A presidente Cristina Kirchner mobilizou seus simpatizantes no norte da Argentina, na cidade de Salta. Numa clara referência aos agropecuários, Cristina disse que as políticas governamentais devem priorizar a redistribuição da riqueza em detrimento dos interesses individuais de grupos.

Já em Rosário, os ruralistas fizeram fortes discursos contra o governo e ameaçaram voltar a bloquear as estradas, impossibilitando o abastecimento.

 

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

VENEZUELA: Chávez quer governar até 2021

In Venezuela on maio 27, 2008 at 4:42 pm

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, afirmou que pretende governar até 2021. No entanto, reconheceu ter sido prematuro apresentar a reforma constitucional, de tendência socialista, que foi derrotada no final do ano passado. De acordo com a agência Afp, a declaração do venezuelano ocorreu durante a inauguração de obras hidrelétricas no estado andino de Mérida.

A afirmação de Chávez indica que ele não desistiu de tentar uma nova reforma que lhe possibilite concorrer novamente. Como ele foi derrotado em dezembro do ano passado por uma margem inferior a 1% dos votos válidos, pode lançar mão de medidas populistas para “conquistar” a pequena parcela do eleitorado que lhe faltou para sair vitorioso em 2007.

 

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

EQUADOR: Correa ameaça renunciar se for comprovado vínculo com as FARC

In Colômbia, Equador, Venezuela on maio 20, 2008 at 11:59 am

Se for comprovado vínculo do governo do Equador com as FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), o presidente Rafael Correa renunciará ao cargo. A afirmação foi feita pelo chefe de Estado equatoriano durante a Cúpula da ALC-UE (América Latina, Caribe-União Européia).

“Tenho a consciência limpa e não tenho nada a temer, tanto que faço uma proposta: se demonstrarem que o governo de Rafael Correa teve alguma relação com as FARC, ponho meu cargo de presidente da República à disposição do povo equatoriano”, afirmou.

De acordo com a agência Afp, a declaração de Correa ocorreu quando ele desqualificava o relatório da Interpol, segundo o qual não ocorreram alterações nos arquivos dos computadores dos guerrilheiros colombianos.

 

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)

MÉXICO: Chanceler alemã visita o presidente Felipe Calderón

In México on maio 20, 2008 at 11:56 am

A chanceler alemã, Angela Merkel, reúne-se hoje com o presidente Felipe Calderón (México) a fim de tratar de assuntos relacionados a investimentos, combate à pobreza e insegurança, meio ambiente e energia. A informação foi divulgada pela agência Afp.

Merkel e Calderón participarão de um fórum de negócios organizado pela Câmara de Comércio México-Alemanha, segundo a agenda divulgada por fontes diplomáticas alemãs e mexicanas. Estarão presentes no evento cerca de 340 empresários.

A ministra também se reunirá com líderes do Congresso mexicano e com o presidente da Suprema Corte. Com isso, ela finaliza sua viagem pela América Latina, a primeira desde que assumiu a chefia do governo alemão e que incluiu Brasil, Peru e Colômbia.

 

(Equipe Arko América Latina – americalatina@arkoadvice.com.br)